Blog Dentalclean
Destaque Alimentos que provocam mau halito

Alimentos que provocam mau hálito

Avalie esse post!

Os hábitos alimentares também podem contribuir para o surgimento do mau hálito

Uma alimentação equilibrada pode trazer muitos benefícios à saúde, inclusive, à bucal. O mau hálito é uma condição que atinge muitas pessoas e, como já explicamos em um outro post, suas causas podem ser variadas, para saber de onde vem o mau hálito, clique aqui.

Além das causas mais comuns, como doença periodontal, cáries, saburra lingual, entre outras consequências da higienização inadequada, os alimentos também podem ser causadores do odor ruim. Para te ajudar a se proteger do mau hálito e evitar constrangimentos que ele pode trazer, listamos alguns alimentos que você deve evitar.

Mostarda e catchup

Os queridinhos de quem adora comer um hambúrguer com batatas fritas. Indispensáveis para muita gente, estes dois molhos devem ser consumidos com moderação. O que acontece é que tanto a mostarda quanto o catchup contém substâncias que aumentam a acidez da saliva, um dos fatores que podem levar ao surgimento do mau hálito.

Azeitona

No caso da azeitona, outra substância é responsável por levar ao mau cheiro: o enxofre. Quando expelido pela boca, o cheiro não é nada agradável. Além disso, a azeitona tem um sabor muito característico e forte, e o fato de ser em conserva é outro agravante. Também é um alimento bastante ácido e condimentado, que favorece a descamação da mucosa.

Alho

O alho é um dos temperos mais comuns da culinária brasileira. Há quem seja fã e quem não suporta nem o cheiro e não é surpresa que ele tem muita influência no hálito. O fato é que a digestão é lenta e gera gases que não são muito agradáveis, pois são ricos no já mencionado enxofre. O mesmo acontece com a cebola, couve-flor, brócolis, alcachofra e outros alimentos que contém a substância.

Carnes

As proteínas, de modo geral, são inimigas do hálito refrescante e agradável.Carnes e peixes são alguns exemplos. As dietas ricas em gorduras favorecem a proliferação das chamadas bactérias proteolíticas na boca. Esses microorganismos se alimentam de proteínas e, quando há resíduos desse tipo de alimento na boca, as bactérias passam a consumir as células da descamação da mucosa. Nesse processo, também há a  liberação de enxofre, que resulta no hálito ruim.

Leite e derivados

Também rico em proteína, o leite requer uma atenção especial, assim como os derivados dele. Além da digestão um pouco mais demorada, restos desses alimentos ficam depositados mais facilmente na língua e mucosa e as bactérias naturais da língua se alimentam dos aminoácidos do leite, iogurtes e queijos. Por isso, é fundamental fazer a higienização completa após consumir esses alimentos.

Nenhum desses alimentos devem ser banidos da dieta. É preciso apenas balancear e moderar o consumo para evitar o mau hálito e outros problemas, sem nunca se esquecer de fazer a higienização bucal corretamente.

E para ajudar a manter o hálito sempre refrescante, a Dentalclean tem os produtos da linha Extreme Ice, que proporcionam refrescância e a proteção necessária contra 99,9% dos germes. Experimento o antisséptico bucal!

Antisséptico Extreme Ice

Qual dos alimentos dessa lista você mais consome e como faz para evitar o surgimento do mau hálito? Conta para a gente nos comentários.

Leia mais: O chocolate pode prejudicar a saúde bucal?

 

Deixe seu comentário ↓

Dentalclean

O Blog Dentalclean existe para deixar você informado de tudo sobre a saúde bucal. Dicas, curiosidades, e orientações de dentistas especialistas no assunto. Acompanhe a gente nas redes sociais e fique por dentro dos lançamentos e novidades.

www.dentalclean.com.br

Tudo sobre os dentes da criança - Baixe o E-book Grátis

Siga a Dentalclean

Acompanhe a gente nas redes sociais e fique por dentro dos lançamentos e novidades.