Blog Dentalclean

Saúde bucal: 5 dicas que toda mamãe deveria saber

5 (100%) 1 vote

Apesar da correria da rotina diária, é importante que os pais dediquem um pouco do seu tempo para cuidar da higienização oral de seus filhos e, principalmente, ensiná-los sobre como é essencial criar e manter esses hábitos de higiene.

Você sabia que é indicado que as mamães se consultem com o dentista durante a gravidez? Alguns cuidados extras são necessários nesse momento da vida, pois com todas as alterações hormonais que ocorrem, é comum as grávidas apresentarem quadros de gengivite. 

Frequente o consultório odontológico desde cedo

Você sabia que existe um especialista em odontologia infantil? O odontopediatra cuida de crianças a partir dos seis meses até a adolescência. Por isso, é sempre bom procurar pelo especialista dentro do seu convênio odontológico.

Desde que os primeiros dentes começarem a nascer, você já pode agendar uma avaliação com o especialista. Nessa primeira consulta, o odontopediatra vai realizar um pequeno exame inicial para garantir que está tudo bem. 

Essa primeira vez também é o momento em que os pais têm para se educar com relação à saúde bucal de seus filhos e quais são as maneiras mais eficientes de uma boa higienização oral. Normalmente, é recomendado que os pais voltem com a criança uma vez a cada seis meses para que seja possível criar o hábito de ir ao dentista desde cedo.

Primeiros passos da higiene bucal

A partir dos três meses já é possível realizar a higienização na boca dos bebês e, normalmente, devem ocorrer duas vezes ao dia, principalmente após a amamentação.

Essa limpeza pode ser feita com um pedaço de gaze ou até mesmo com uma fralda de pano limpa. Coloque ao redor do dedo indicador e passe com cuidado em regiões da gengiva e no interior da bochecha para garantir que os resquícios de leite sejam retirados.

Quando a criança começar a comer alimentos sólidos, é possível realizar a escovação. Para que isso seja feito, é essencial procurar por uma escova de cerdas macias e que seja do tamanho indicado para a idade. Além disso, deve-se fazer o uso de creme dental sem flúor nos primeiros anos de vida ou até que a odontopediatra do convênio odontológico recomende.

Garanta uma alimentação saudável para o seu filho

O leite materno é o melhor alimento para os bebês nos primeiros meses de vida. A partir dos seis meses, ou quando os dentes começarem a nascer, já é possível realizar a introdução de alimentos mas não se esqueça de garantir com a pediatra qual o momento mais indicado para o seu filho.

O ideal é sempre oferecer alimentos saudáveis, como frutas, verduras e legumes, sem que seja adicionado qualquer quantidade de açúcar. O paladar das crianças entra em processo de formação até os dois anos e, por esse motivo, oferecer comidas saudáveis é a melhor maneira de criar esse hábito desde cedo.

Alguns sucos de caixinha não são benéficos à saúde como parecem ser. Muitas marcas possuem o nível de acidez que pode comprometer o esmalte e a aparência dos dentes. Além disso, em alguns casos, esses sucos apresentam maiores quantidades de açúcar do que até mesmo os refrigerantes. 

Os pais devem tomar um cuidado maior com relação ao açúcar, pois muitas crianças apresentam cáries já nos dentes de leite, o que pode trazer maiores preocupações ao ser necessário realizar a extração do dente.

Ritual higiênico antes de dormir

Muitos dentistas do convênio odontológico acreditam que a última escovação, realizada sempre antes de dormir, é a mais importante. Isso porque a saliva é um dos principais agentes bucais que atua continuamente na prevenção bucal.

Entretanto, a musculatura facial relaxa durante o sono, contribuindo diretamente com a diminuição da saliva, já que a boca fica entreaberta. Dessa forma, a boca se torna um ambiente propício para a proliferação de bactérias.

Caso a higienização tenha sido feita da maneira correta antes de dormir, com a escovação e o uso do fio dental, o índice da proliferação das bactérias diminui, fazendo com que a boca do seu filho mantenha-se saudável até o dia seguinte pela manhã.

Atente-se à respiração pela boca

Apesar de ser considerado normal respirar pela boca em alguns momentos durante a noite, isso pode se tornar um problema caso a maior parte da respiração for realizada por vias orais, inclusive durante o dia. Uma das causas de respiração bucal pode ser devido a criança ter algum problema mandibular ou maxilar que a impeça de fechar a boca naturalmente. 

Caso você perceba que seu filho normalmente respira pela boca, é bom levá-lo a um especialista para que o caso seja observado de perto, garantindo não seja desenvolvido nenhum outro problema, como sorriso gengival ou dentes tortos.

Com o acompanhamento de um ortodontista, podendo ser feito através do convênio odontológico, o profissional pode auxiliar melhor os pais sobre quais são os tratamentos recomendados para cada idade, ou então, a necessidade do aparelho ortodôntico para corrigir problemas mandibulares.

 

Deixe seu comentário ↓

Dentalclean

O Blog Dentalclean existe para deixar você informado de tudo sobre a saúde bucal. Dicas, curiosidades, e orientações de dentistas especialistas no assunto. Acompanhe a gente nas redes sociais e fique por dentro dos lançamentos e novidades.

www.dentalclean.com.br

Tudo sobre os dentes da criança - Baixe o E-book Grátis

Siga a Dentalclean

Acompanhe a gente nas redes sociais e fique por dentro dos lançamentos e novidades.